17 de jul de 2017

Desenho: flores e insetos

Olá! :)

Estou de férias! Ou seja, tenho tempo para fazer nada & desenhar.
Passei a tarde treinando desenhos de flores e insetos, com aquarela e caneta preta.
Tem uma sombra nas fotografias, mas acabou a bateria da câmera e eu não quis tirar outras fotos, então convivam com essa dor. 

PS.: Eu deveria comprar um celular novo com uma câmera decente. Tenho um dinheiro guardado, mas estou em dúvida entre comprar um celular ou uma bicicleta (é sério!), hahaha. 

Abraço!




3 de jul de 2017

Minha alma é um tinteiro vazio

"[...] minha alma é um tinteiro vazio. Que Diabo quererá tomá-la em pagamento para assegurar-me a realização de minha obra? 

O Diabo devia ser a carta que mais frequentemente se encontra em meu ofício: a matéria-prima do escrever não estará toda por acaso nesse ressurgir à superfície de grifos peludos, assanhamentos caninos, chifradas caprinas, violências interditas que bracejam nas trevas?"

Italo Calvino. O castelo dos destinos cruzados. p. 138.

Fonte

"Mas há fontes que — alguém entre nós certamente pensou — assim que delas se bebe provocam ainda mais sede, em vez de aplacá-la."

Italo Calvino. O castelo dos destinos cruzados. p. 17.

30 de jun de 2017

A Cidade do Tudo

“Que cidade é essa? Será a Cidade do Tudo? A cidade em que todas as partes se conjugam, as escolhas se contrabalançam, onde se enche o vazio que existe sempre entre o que se espera da vida e aquilo que nos toca?”

Italo Calvino. O castelo dos destinos cruzados. p. 83

28 de jun de 2017

A palavra escrita

"Entre os utensílios do eremita há até um crânio: a palavra escrita tem sempre presente a anulação da pessoa que escreveu ou daquela que lera. A natureza inarticulada engloba em seu discurso todo o discurso humano."

Italo Calvino. O castelo dos destinos cruzados.p. 144.